OMNICHANNEL: Entenda a importância de ter uma visão centralizada dos seus dados de mídia

Fonte: Nielsen – Por Sabrina Balhes

 

Omnichannel pode ser resumido como uma estratégia baseada no uso interligado e simultâneo de diferentes meios de comunicação e canais de venda. No entanto, será que é possível centralizar os dados gerados por todos os meios de mídia que levam a esses canais? Vale realmente a pena fazê-lo?

Pensando nessas e em outras questões, elaborei este artigo para compartilhar insights valiosos para aplicar em suas campanhas e aprimorar os resultados obtidos.

O QUE É OMNICHANNEL?

Estratégias e campanhas caracterizadas como omnichannel são voltadas à experiência positiva do consumidor em pontos diversos: sejam de venda, sejam de atendimento.

Apesar desse conceito não ser necessariamente novo, não seria exagero nenhum dizer que, no cenário atual, ele ganhou uma importância ainda maior. Afinal, é preciso convergir diversos canais da empresa, tantos os online quanto os offline. Nessa lista, podemos incluir as mídias sociais, o telefone, o e-commerce, as lojas físicas e assim por diante.

Não é raro encontrar consumidores modernos tirando dúvidas pelo Facebook ou pelo Instagram e fazendo as compras em estabelecimentos físicos, por exemplo. A pessoa também pode usar o aplicativo da marca para verificar se a loja tem um produto específico e pedir para que ele seja entregue diretamente em sua casa.

O termo omnichannel surgiu em 2011, em um artigo publicado por Darrell Rigby na Harvard Business Review. No texto, o especialista fala sobre a necessidade de proporcionar uma jornada de compra cômoda, que pode fluir sem interrupções. Ou seja, todos os canais estão disponíveis e preparados para solucionar os problemas dos consumidores com as melhores alternativas possíveis — quem preferir ser atendido por telefone receberá o atendimento pautado pela excelência, tal qual os que foram atendidos por chat bots.

IMPACTO E DESAFIO NO CENÁRIO DE MÍDIA

Com o omnichannel, o cenário de mídia se torna ainda mais complexo, já que as marcas têm o desafio de ativar diversos pontos de contato e meios de mídia com os consumidores no seu dia-a-dia e ficam sem a visão de quantos usuários únicos atingiram e com qual frequência. Entender a mídia é o começo para uma estratégia de sucesso do seu negócio.

Grande parte dos veículos de mídia digitais estão dentro do seu próprio “walled garden” ou seja, são ecossistemas fechados e mensurados por si próprios. A vantagem para os veículos é ter maior controle da própria audiência e coleta de dados. Uma desvantagem que isto causa para os anunciantes é a falta de clareza do plano de mídia como um todo, ou seja, não é possível ver a audiência única e frequência média atingida pelo conjunto dos veículos. A primeira é normalmente superestimada e a segunda, subestimada.

Por isso, não há como deixar de lado a importância de centralizar esses dados. Ter uma visão mais clara da mídia como um todo permite ações estratégicas para otimizar os investimentos e atingir mais pessoas de forma mais eficiente.

COMO TER UMA VISÃO CENTRALIZADA DE MÍDIA?

Por meio de uma solução que mensure o alcance único e disponibilize as informações em um dashboard integrado de mídia é possível ter essa visão centralizada. O ideal é ter a visão do seu plano de mídia completo em um único local para identificar quais veículos estão alcançando mais pessoas únicas, quais estão com alta taxa de desperdício em entregas off-target, sem visibilidade e fraudulentas, e qual a frequência média por pessoa única que as suas iniciativas estão somando. Com isso, é possível otimizar sua mídia de forma inteligente e rápida, aumentando o seu alcance efetivo no público certo.

As campanhas omnichannel têm enorme potencial de conversão e podem atingir resultados expressivos. Apesar disso, é preciso ter uma visualização centralizada de todos os dados relacionados a elas. Assim, você poderá aprimorá-las e fazer correções quando necessário.

Previous Amazon lança marca própria de gin
Next Marcas próprias ganham espaço nos supermercados com preços até 25% mais baixos

You might also like

Notícias

Marcas próprias ganham destaque no canal farma e crescem 19,8% em 2018

Fonte: Guia da Farmácia Segundo dados da Nielsen, aderência é maior entre consumidores de classe média No segmento de marcas próprias, as farmácias foram as que mais conseguiram se acentuar

Destaques

Empório Varanda Lança Marca Própria de Chocolates

O Empório Varanda está lançando sua primeira linha de barras de chocolates de marca própria. São dez versões bean-to-bar (do grão-à-barra) produzidas com cacau de origem do sul da Bahia.

Notícias

Anufood Brazil terá importadores do Oriente Médio

Fonte: ANBA Agência de Noticias Brasil-Árabe – Por Isaura Daniel Compradores dos Emirados, Catar e Arábia Saudita estarão na feira de alimentos em São Paulo. Eles terão agenda com expositores

Eventos

1ª Black Week Marca Própria

1ª Black Week Marca Própria acontecerá entre os dias 16 e 22 de Novembro.Varejistas de todo o país com ações promocionais e muitos descontos em produtos de Marca Própria! A