Impulsionadas pela Black Friday, vendas no varejo crescem 5,2% em novembro, aponta ICVA

Fonte: Moneytimes – Por Diana Cheng

 

As vendas no varejo, descontada a inflação, aumentaram 5,2% em novembro em comparação ao mês anterior, de acordo com o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA). Em termos nominais, que espelham a receita de vendas observadas pelo varejista, o indicador registrou crescimento de 7,6%.

De acordo com a Cielo (CIEL3), efeitos de calendário beneficiaram o resultado, uma vez que novembro apresentou um sábado – dia de forte comércio – a mais e uma quinta-feira – dia de menor movimentação – a menos.

Descontados esses efeitos, o ICVA ainda apresentou aceleração ante outubro.

“A Black Friday foi essencial para o resultado de novembro, mesmo já tendo sido forte no ano passado”, complementou Gabriel Mariotto, diretor de Inteligência da Cielo. “Destaco o desempenho das lojas físicas: muitas aderiram à onda, que, aqui no Brasil, começou nas lojas online”.

A inflação no varejo ampliado foi de 2,3%.

Setores

Descontada a inflação e com ajuste de calendário, os setores de Serviços, Bens Não Duráveis e Bens Duráveis e Semiduráveis apresentaram alta, com destaque para, respectivamente, as subcategorias de Serviços Automotivos, Supermercados e Hipermercados e Móveis, Eletro e Departamento.

Regiões

As regiões Sudeste, Nordeste e Norte tiveram crescimento na passagem mensal, enquanto Centro-Oeste e Sul registraram desaceleração nas vendas, de acordo com o ICVA deflacionado e com ajuste de calendário.

Norte apresentou alta de 8%, seguido por Nordeste e Sul, que registraram crescimento de 6,3% e 5,7%, respectivamente.

Previous Marcas próprias ganham espaço nos supermercados com preços até 25% mais baixos
Next Como será o varejo em 2026?

You might also like

Notícias

Coco Bambu quer vender 20 mil cervejas mês

Afrânio Barreira, o sócio-majoritário da rede de restaurantes Coco Bambu, diz que a cerveja de marca própria desenvolvida com a Wäls (Ambev) já está em todas as 31 lojas  –

Notícias

Banco digital BBNK recebe aporte para investimento para que empresas não financeiras tenham seu próprio braço financeiro com Marca Própria

Fonte: Reuters SÃO PAULO (Reuters) – O BBNK, banco que permite que empresas não financeiras tenham seu próprio braço de serviços bancários, está recebendo um aporte de até 60 milhões

Farmacêuticos e higiene

Mundo Verde Entra na Nissei – Store in Store de Saudáveis Vai para a Farmácia

Fonte: Portal Giro News Store in Store de Saudáveis Vai para a Farmácia. Presente no Paraná, a rede farmacêutica Nissei iniciou um modelo store in store com a Mundo Verde

Notícias Internacionais

Lidl Portugal quer reduzir o consumo de plástico em 20% até 2025

Fonte: supplychainmagazine.pt Mar 26, 2018 Após várias medidas em prol da sustentabilidade, chega agora a altura do plástico: o consumo de plástico do Lidl em Portugal será reduzido em pelo