Bahia rescinde com a Umbro e terá marca própria em agosto

Bruno Queiroz, Ivan Dias Marques e Vitor Villar
redacao@correio24horas.com.br
26.03.2018, 20:21:00

Último uniforme será lançado em abril pela agora antiga fornecedora, em homenagem à Rússia
O Bahia vai de fato produzir o seu material esportivo, e a mudança será feita ainda em 2018. Em entrevista exclusiva ao CORREIO, o presidente do tricolor, Guilherme Bellintani, confirmou que vai deixar a Umbro e abrir marca própria, com data prevista de lançamento para agosto.

O nome da marca ainda está em discussão pela diretoria tricolor. A produção será feita pela Bomache, empresa cearense que já fornece o material do Paysandu e do Santa Cruz, clubes que optaram por lançar suas marcas próprias.

“Esta é uma decisão tomada. A Umbro foi muito parceira e fizemos esse acordo da rescisão do contrato. Vamos já nos próximos dias efetivar esse novo modelo que é de marca própria de uniformes”, disse Bellintani.

O concurso para que a torcida desenhe o modelo da futura camisa já é um passo para a mudança: “A Umbro lançará em abril o uniforme da Copa do Mundo (em homenagem à Rússia). Só ele e encerra o ciclo. A partir do segundo semestre, em agosto, teremos a marca própria”.

Bellintani disse que optou pela marca própria para arrecadar mais: “Se fosse um projeto razoavelmente vantajoso, não seria suficiente. Teria que ser muito vantajoso economicamente. E nas nossas contas, vamos multiplicar de três a quatro vezes os royalties (parcela da venda)”.

Para os lojistas e torcedores que desconfiam, Bellintani garante que a Bomache vai dar conta da demanda: “Hoje temos problemas de abastecimento com a Umbro. A Bomache terá talvez o Bahia como clube de maior produção. Conversei muito com Constantino (Júnior), presidente do Santa Cruz, e ele é muito satisfeito”, completou.

Previous Inovação é a arma do varejo para conquistar consumidores
Next Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo lançam marca própria

You might also like

Têxtil e couro

Clubes brasileiros optam por marcas próprias de material esportivo

Fonte: Folha de Londrina Ao menos 20 equipes já fazem suas camisas, de olho em receitas maiores e para evitar desabastecimento De olho em um mercado emergente e apostando em

Farmacêuticos e higiene

Vendas de cosméticos no canal farma crescem 7% em 2017 e consolidam tendência do setor

Fonte: Brazil Beauty News – Por Daniela Belli Segundo a Abrafarma, itens de higiene pessoal e cosméticos contabilizaram R$ 14,17 bilhões em 2017 e já representam 32% do volume total

Alimentos

Múltis planejam reciclar 100% das embalagens

Fonte: Valor Econômico – Por Cibelle Bouças A Nestlé anunciou ontem um compromisso global de tornar 100% de suas embalagens recicláveis ou reutilizáveis até 2025. A intenção é que nenhuma

Farmacêuticos e higiene

Marcas próprias ganham destaque no canal farma e crescem 19,8% em 2018

Fonte: Guia da Farmácia Segundo dados da Nielsen, aderência é maior entre consumidores de classe média No segmento de marcas próprias, as farmácias foram as que mais conseguiram se acentuar