Cafezinho consciente: 350 mil cápsulas de café de marca própria para reciclagem

Fonte: Istoé Dinheiro – Por Felipe Mendes

 

A rede Octávio Café entrou para o time das empresas que fazem bem para o planeta. Desde a quinta-feira 17, seis cafeterias da companhia localizadas em São Paulo ganharam coletores para a reciclagem de cápsulas. O plano é reduzir o impacto ambiental que o descarte irregular desse produto pode acarretar. É importante constatar que, para realizar o descarte numa das lojas, não é necessário separar o café e as embalagens plásticas. Depois do recolhimento, os insumos são destinados à Intecmat, empresa que fica responsável por dar uma nova vida ao material, que pode ser transformado em produtos como copos, canecas e suportes para serem reutilizados pelo Octávio Café. Por ano, a companhia vende mais de 350 mil cápsulas de café de marca própria.

 

 

Previous Marca própria Carrefour lança embalagens com QR Code
Next Marca própria Carrefour lança embalagens com QR Code

You might also like

Releases ABMAPRO

ABMAPRO participa da 11ª Reunião do Fórum de Competitividade do Varejo, liderado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), em Brasília

Neide Montesano, presidente da associação, passa a integrar uma das cadeiras do Fórum que conta com a representação das maiores entidades de varejo do Brasil     No último 28/09,

Notícias

Inflação dos alimentos: marcas de varejistas são opção para economizar

Entre janeiro de 2019 e janeiro de 2022, o gasto dos brasileiros com produtos de marcas próprias das redes de varejo aumentou mais de 20% Diante da alta da inflação, o consumidor

Notícias

Uma em cada três famílias brasileiras preferem produtos de marca própria

Empresas investem em produtos exclusivos para garantir aos consumidores produtos de qualidade e com preços acessíveis Em momentos em que a crise econômica brasileira atinge milhares de lares, famílias buscam

Têxtil e couro

Urupês emprega mil pessoas no setor de confecção

Fonte: diariodaregiao.com.br Urupês se torna arranjo produtivo local do setor do jeans e ganha mais acesso a financiamentos e projetos do governo; cidade reúne quase 60 empresas de confecção que