DMCard adota QR Code na implantação de seu cartão private label digital

Por Redação E-Commerce News

No início da década, o QR Code (Quick Response Code) começou a ser considerado uma tecnologia obsoleta devido à baixíssima adesão. No entanto, para viabilizar os pagamentos online via smartphone para grandes massas, foi resgatado e ocupa papel de protagonista em países como China e Japão. Seguindo a mesma tendência, o código acaba de ser adotado pela DMCard na implantação de seu cartão private label digital.

“O uso do QR Code era visto como uma verdadeira obsessão dos chineses, e agora já é mais facilmente compreendida pelos ocidentais. Em países com uma população mais pobre, o acesso a smartphones de última geração e, consequentemente, à tecnologias como o Apple Pay ou Google Pay, é muito pequeno. Esta retomada foi a solução encontrada pelos asiáticos para dar poder de pagamento utilizando o telefone celular a qualquer consumidor”, explica Carlos Kussler, Gerente de CRM da DMCard. “E esta foi uma das inspirações para o desenvolvimento de nosso cartão digital”, completa o executivo.

Vale destacar que o QR Code e o crescimento gigantesco das formas de pagamento com smartphones na Ásia foi uma das tendências apresentadas durante a realização do 1º SuperFórum, o maior evento pós-NRF do Brasil e o único focado exclusivamente no segmento supermercadista.

Renascimento do QR Code

Definindo de forma simples, o QR Code nasceu para codificar URLs de forma que não fosse necessário digitá-las no aparelho celular. Contudo, nem sempre essa função era mais fácil ou ágil do que digitar o próprio endereço do site ou realizar uma busca no Google.

“Fica fácil entender o ponto de vista ao imaginar quem arriscaria, principalmente no Brasil, sacar o celular para escanear o QR Code na publicidade no ponto do ônibus ou na plataforma do metrô”, exemplifica Carlos Kussler, Gerente de CRM da DMCard. “É por isso que podemos afirmar que os asiáticos não apenas resgataram, mas redefiniram a função do QR Code dentro de sua real necessidade e comprovaram que a inovação também é uma questão de saber aproveitar o que já está à sua disposição, da melhor forma e ao maior número de pessoas possível”.

Cartão Digital DMCard

Para que as pequenas e médias redes de supermercado possam oferecer os mesmos benefícios que as gigantes do setor, uma das áreas de investimento da DMCard é a inovação tecnológica. Deste trabalho, nasceu a primeira plataforma do país que permite ao varejista adotar um cartão de loja personalizado e digital.

Os consumidores que já possuem o cartão da loja poderão efetuar o pagamento de suas compras utilizando um QR Code acessando o aplicativo da DMCard em seu smartphone, sem a necessidade de portar o cartão plástico

Investindo na inovação tecnológica, a DMCard disponibiliza ferramentas às quais os pequenos e médios varejistas não teriam acesso sozinhos, como uma eficiente plataforma de CRM. No ano passado, lançou o aplicativo com a marca DMCard, que já permite consultar faturas, limite disponível, melhor data para compra, fazer alterações cadastrais e optar pela Ecofatura, versão que dispensa o papel. Desde então, vem colocando o supermercadista bem posicionado na corrida digital.

O cartão virtual administrado pela DMCard entrará em funcionamento em período de testes na rede Boa – que já trabalha com PDVS desenvolvidos pela Visual Mix, empresa parceira que viabiliza o uso do cartão digital – e será disponibilizado a todos os parceiros do grupo a partir do segundo semestre.

Previous Pastel do Continente distinguido na categoria de alimentação
Next Makro amplia portfólio Aro e lança Fumaça Líquida

You might also like

Alimentos

Orgânicos devem faturar 20% mais este ano

Fonte: IsteÉ O faturamento do setor de alimentos orgânicos alcançou R$ 3,5 bilhões em 2017 no mercado interno e mais US$ 210 milhões em exportações, números 20% superiores aos do

Bancos, finanças e seguradoras

Pesquisa da Proteste revela que juros de cartões de loja podem chegar a 875%

Fonte: Extra – Economia Cada vez mais populares entre os consumidores, os cartões de lojas não são tão vantajosos como aparentam, segundo uma pesquisa feita pela associação Proteste. Entre 37

Notícias

Rede de oficinas Euro Repar acelera crescimento no Brasil

Fonte: AutomotiveBusiness – Por Pedro Kutney Após pouco mais de um ano de operação o Brasil, a rede de oficinas Euro Repar prevê iniciar 2019 com cerca de 300 estabelecimentos

Notícias

“Uma loja por semana”: o plano da agressiva e popular Miniso para o Brasil

Fonte: Exame – Por Mariana Fonseca A rede de fast fashion com design japonês (mas de origem chinesa) irá expandir bastante pelo país, com a ajuda do franqueamento São Paulo