Lidl com mais de 100 artigos certificados para os clientes descobrirem na Páscoa

São 124 os produtos Lidl dedicados à Páscoa, entre sugestões para refeições e sobremesas. As gamas de edição limitada Deluxe e Favorina regressam e apostam na certificação UTZ e Fairtrade Cocoa Program e na sustentabilidade da oferta.

De acordo com um estudo da consultora GfK, intitulado “A Responsabilidade Social e a Sustentabilidade Alimentar na perspetiva dos consumidores”, 86% dos inquiridos preocupam-se com a proteção dos recursos, clima, meio ambiente e biodiversidade, ao passo que 85% preocupa-se com a preservação dos fatores sociais, nomeadamente o emprego a longo prazo, o melhor rendimento e as condições dignas de trabalho.

As certificações UTZ e Fairtrade dão resposta a estas preocupações. Assim, no caso de UTZ, que é específico para café, cacau e chá, introduz os produtores em boas práticas agrárias e demonstra como podem cultivar café, cacau e chá de forma mais profissional, com maior qualidade e rendimento e mais sustentabilidade, melhorando o seu nível de vida pelos seus próprios meios.

Já o Fairtrade Cocoa Program oferece aos produtores de cacau uma oportunidade adicional de venderem quotas superiores das suas colheitas sob determinadas condições. Ao contrário da certificação Fairtrade clássica, este programa visa a compra justa de matérias-primas e não a composição e certificação de produtos individuais.

A certificação da totalidade da sua oferta surge do compromisso Lidl no que toca à compra de cacau. Desde o passado dia 1 de março que todo o cacau presente nos produtos de marca própria é 100% certificado, de origem sustentável (não apenas na oferta disponível na Páscoa). O Lidl financia a criação e o funcionamento da escola agrícola PROCACAO, para uma produção de cacau mais sustentável na Costa do Marfim. Nos últimos dois anos, foi assim possível ensinar dois mil formadores que transmitem, posteriormente, os conhecimentos adquiridos aos produtores de cacau.

O Lidl utiliza cacau de cultivo certificado nos artigos de marca própria, recorrendo também à certificação Rainforest Alliance para a certificação das próprias explorações.

O Lidl é membro da iniciativa comunitária “Business Social Compliance Initiative” (BSCI), desde 2007, no âmbito da Associação Europeia de Comércio Externo. Neste contexto, a empresa desenvolveu um código de conduta próprio através do qual pretende alcançar o objetivo de melhorar os padrões sociais base dos seus parceiros comerciais, nos diversos países. O Lidl rejeita toda e qualquer forma de trabalho infantil ou violação dos direitos humanos ou laborais no fabrico dos seus produtos.

A sustentabilidade da oferta de Páscoa insere-se na política de sustentabilidade da empresa, que abrange todos os aspetos da sua atividade. A título de exemplo, o Lidl deixará de vender até ao final do presente ano sacos de plástico para compras.

Previous Mundo Verde lançará e-commerce
Next Carrefour coloca água potável à venda por R$99,90

You might also like

Comércio varejista

“Marca própria” no Brasil, deve crescer 15% até o fim de 2014

Fonte: DCI O avanço da inflação no País tem levado os consumidores a optarem por itens mais baratos, favorecendo a expansão da produção terceirizada. Com isso, as indústrias que fabricam produtos

Sem categoria

Mundo Verde lançará e-commerce

Fonte: Exame – Por Mariana Fonseca Rede de produtos naturais estima que a operação online represente de 5 a 7% de suas vendas A Mundo Verde, rede de lojas franqueadas

Notícias

Decathlon cresce no beach tennis com marca própria Sandever

A Decathlon decidiu usar a disputa do EGA Group International, um dos principais torneios de tênis de praia (beach tennis) do mundo, para apresentar ao mercado brasileiro a Sandever, nova

Comércio varejista

GPA prevê acelerar oferta de entrega rápida de alimentos após compra de startup

Fonte: Conteúdo Estadão   O acordo anunciado entre o Grupo Pão de Açúcar (GPA) e a startup Cheftime faz parte de uma estratégia da varejista de acelerar as entregas expressas