Renner lança coleção de produtos feitos de materiais reciclados

Seguindo a tendência sustentável que tem surgido em diversos segmentos, inclusive a moda, a Renner lançou uma nova linha, chamada Re – Moda Responsável. O primeiro produto da coleção é a Re Jeans, que coloca em prática o conceito de moda circular. A companhia criou uma tecnologia, a partir da qual coleta sobras de fios e de jeans de seus fornecedores e os transforma em um novo tecido, que volta para as empresas fabricantes para que sejam transformados em novas peças.

Com isso, são produzidas calças, shorts, blusas e vestidos, com preços que variam entre R$ 39,90 (top) e R$ 119,90 (calça flare). Os itens são vendidos em algumas lojas selecionadas e no e-commerce da marca. José Galló, presidente da Renner afirmou: “Esta é mais uma iniciativa da Renner para incentivar o consumo de roupas que tenham apelo de moda, qualidade e sejam produzidas com componentes menos impactantes ao meio ambiente”. De acordo com ele, a empresa deseja se envolver mais na busca de soluções sustentáveis.

No ano passado, a empresa está lançando práticas com o objetivo de agredir menos o meio ambiente, como a produção de peças com fios feitos a partir de garrafas PET recicladas. Para 2021, foram traçados objetivos sustentáveis. A companhia deseja ter 80% dos produtos feitos a partir de matérias-primas e processos menos impactantes, 75% do consumo corporativo de energia proveniente de fontes renováveis, reduzir em 20% as emissões absolutas de gás carbônico (CO2) e ter 100% dos fornecedores certificados por entidades internacionais.

*Informações retiradas do Estadão Conteúdo

*Imagem reprodução

Previous Orgânicos devem faturar 20% mais este ano
Next Pastel do Continente distinguido na categoria de alimentação

You might also like

Notícias

Marcas Própria: Preço ou Qualidade?

Por Hipersuper a 29 de Março de 2018 as 10:45 Por Robertus Lombert, Partner da IPLC para Portugal Marcas próprias: Preço ou qualidade? É, talvez, uma das perguntas mais comuns

Notícias Internacionais

Intermarché uniformizou em Portugal marca própria. Aumentar para 30% peso da marca própria nas vendas da cadeia é um dos objetivos.

Fonte: Dinheiro Vivo – Por Ana Marcela   O Intermarché investiu 6 milhões na criação de uma marca única para os produtos de marca própria da cadeia em Portugal. Com

Farmacêuticos e higiene

Mundo Verde Entra na Nissei – Store in Store de Saudáveis Vai para a Farmácia

Fonte: Portal Giro News Store in Store de Saudáveis Vai para a Farmácia. Presente no Paraná, a rede farmacêutica Nissei iniciou um modelo store in store com a Mundo Verde

Notícias ABMAPRO

Marcas próprias ganham espaço nos supermercados com preços até 25% mais baixos

O crescimento dos produtos de marca própria reflete o “empoderamento do consumidor”. O segmento que surgiu como um instrumento de fidelização é agora também visto como uma ferramenta que permite