Lidl vai eliminar micro plásticos dos seus produtos de cosmética até 2021

Lidl vai eliminar micro plásticos dos seus produtos de cosmética até 2021

A meta foi assumida pela cadeia de supermercados

Lidl anunciou que vai eliminar micro plásticos dos seus produtos de cosmética e higiene pessoal da sua marca própria até final do próximo ano.

“Para o Lidl a sustentabilidade ambiental é uma preocupação diária e, apesar da utilização de microplásticos em produtos de cosmética e higiene pessoal não estar ainda proibida a nível comunitário, a empresa trabalha intensamente sobre o tema desde 2015, reconhecendo a importância de se reduzirem as emissões destas minúsculas partículas, independentemente da sua fonte”, lê-se no comunicado.

Assim, o Lidl, em conjunto com os seus fornecedores de cosméticos e produtos de higiene pessoal, “torna-se na primeira empresa do setor de retalho alimentar a assumir o compromisso de eliminar os micro plásticos das formulações dos seus cosméticos de marca própria até 2021, desde que a eliminação dos polímeros sintéticos não resulte em nenhuma limitação significativa no desempenho e/ou na segurança do produto”, refere a cadeia de supermercados.

Esta medida refere-se concretamente às partículas de plástico com efeito abrasivo (“microbeads“) com dimensão inferior a cinco milímetros, sendo considerados atualmente os seguintes materiais: poliamida (PA), polietileno (PE), polietileno tereftalato (PET), poliéster (PES), poliamida (PI), polipropileno (PP) e poliuretano (PUR).

Fonte : Notícias ao Minuto

Previous Quem quer vinhos? Empresas apostam em lives e marca própria na briga por consumidor
Next Dia aposta em venda digital, marcas próprias e franquias para crescer

You might also like

Notícias

GPA une operações virtual e física de olho em maior rentabilidade do Extra

Fonte: DCI – Por João Vicente Ribeiro   Depois da fase de conversão de grandes unidades para a bandeira de atacarejo Assaí, varejista vê espaço para fidelizar cliente e otimizar

ABMAPRO na mídia

Como maximizar resultados da Marca Própria através de uma exposição adequada?

Conteúdo Abmapro – Por: Fatima Merlin A maneira com que as pessoas compram produtos em um supermercado é muito particular. Diferentes shoppers, diferentes necessidades e um processo de escolha específico para as

Notícias

ABMAPRO apoia proposta de adoção de limite de gastos do governo

Em comum acordo com a FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), a ABMAPRO (Associação Brasileiras de Marcas Próprias e Terceirização) está apoiando à proposta de emenda constitucional

Comércio varejista

Carrefour quer duplicar participação de orgânicos nas vendas até 2020

Fonte: Estadão Conteúdo O Carrefour Brasil lançou nesta segunda-feira, 1, um programa para fomentar as vendas de produtos saudáveis, incluindo itens de produção regional e orgânicos. A companhia estabeleceu uma