Quando a indústria vira varejo: o caso das lavanderias Tide.

Fonte: Brazil Journal – Por Mariana Barbosa

Ter uma máquina de lavar dentro de casa não é exatamente uma aspiração das novas gerações. Por isso, a Tide – a líder global em sabão para lavar roupas – resolveu apostar no consumo fora de casa, com a criação da rede Tide Cleaners.

A marca da Procter & Gamble começou a experimentar com o negócio de lavanderias em 2010. Desde então, já são 125 lojas franqueadas, de mais de 700 pontos de coleta em pontos comerciais e quiosques em 20 campus universitários, onde clientes acionam o serviço pela internet depois recolhem tudo lavado e passado.

Agora, a empresa está dobrando a aposta no projeto, que nasceu como parte de uma estratégia de marketing: o plano é alcançar 2.000 pontos de coleta até o fim do ano que vem.

Os formatos incluem desde lojas tradicionais franqueadas a armários que funcionarão como pontos de coleta em condomínios, supermercados e escolas.

A Tide vem experimentando diferentes formas de dialogar com o consumidor, incluindo seu serviços de assinatura, o Tide Wash Club.

O mercado potencial para a Tide é enorme: a Procter estima que 26 milhões de lares americanos lavam sua roupa fora de casa, seja usando as maquinas compartilhadas, seja as lavanderias tradicionais.

A Procter, que também é dona das marcas Ariel e Downy, lidera o mercado global de detergente de roupas com 26% de share, à frente de Unilever e Henkel.

Com muita roupa suja pra lavar, esse mercado movimenta US$ 49 bilhões.

Previous Marcas próprias ganham destaque no canal farma e crescem 19,8% em 2018
Next A aposta frustada de Warren Buffett

You might also like

Notícias

Espaço Saudável Taeq chega ao Pão de Açúcar da Washington Luiz

A Marca convida clientes para uma imersão no maior portfólio de alimentos saudáveis do Brasil, com mais de 450 itens Depois de expandir sua atuação para fora dos supermercados e

Notícias

Espírito Empreendedor: como Sidney Oliveira transformou uma pequena farmácia em uma grande rede

Fonte: InfoMoney Sidney Oliveira transformou sua pequena farmácia em uma empresa que já conta com 1,5 mil colaboradores. Não há planos de lanças nova bandeira nem de adquirir outras empresas.

Comércio varejista

Amazon projeta sua própria rede de mercados nos EUA

Fonte: Redação Promoview Empresa de Jeff Bezos já é dona da Whole Foods e da Amazon Go, mas pelo visto quer uma opção “mainstream” para fortalecer sua posição na área.

Notícias

Mundo Verde Entra na Nissei – Store in Store de Saudáveis Vai para a Farmácia

Fonte: Portal Giro News Store in Store de Saudáveis Vai para a Farmácia. Presente no Paraná, a rede farmacêutica Nissei iniciou um modelo store in store com a Mundo Verde