Coop lança ação para elevar representatividade de marca própria

Fonte: ABCdoABC

Com a proposta de fortalecer a representatividade dos produtos de marca própria, que hoje responde por 6% do fornecimento, a Coop – Cooperativa de Consumo promove durante todo o mês de setembro o Festival de Marcas Próprias, com promoções, degustações e forte ação de comunicação em suas 31 lojas. Um dos destaques da temporada é o lançamento do azeite extra virgem português, produzido e envasado na origem. É o primeiro produto importado com a assinatura da Coop.

A linha de produtos Coop, assinada pelas marcas Coop, Delícias da Coop e Marcas Exclusivas, soma hoje 1.164 itens, divididos entre 71 categorias, mas novos lançamentos já estão previstos para o final deste ano e início de 2019. Vão entrar em cena nas gôndolas batata palha extrafina, aparelho de barbear, pimenta biquinho e massas frescas, entre outros.

A fidelidade e preferência dos clientes pelos produtos de marca própria Coop são justificadas pela qualidade. Segundo adianta Marta Borges, gerente comercial e de marcas próprias, as estatísticas mostram que a família cooperada é responsável por 78% do consumo. Ela acrescenta que na Europa, a participação de marcas próprias chega a ultrapassar 40% e 9% na América do Sul. “No Brasil, segundo estudo da Nielsen, os grandes varejos não ultrapassam 5%, enquanto a Coop tem 6% de participação nas três linhas”, compara.

Lançada em 1997, a marca Coop nasceu com a proposta de privilegiar a qualidade em detrimento do preço. Para tanto, sempre buscou os melhores fornecedores para produzir sua linha de produtos, composta hoje de 370 itens. O arroz Coop, por exemplo, é feito pela Josapar, empresa dona da marca Tio João.

Além dessa retaguarda de peso, a Coop conta com o suporte de uma certificadora que faz auditorias nas fábricas para monitorar o cumprimento das legislações vigentes. “Todos os nossos produtos devem ter qualidade igual ou superior a das marcas líderes ou vice-líderes das categorias”, assegura Talitha Fávero, compradora de marca própria da Coop. Em faturamento, os 5 produtos top de vendas são batata congelada, biscoito de polvilho, sorvete lambada, papel higiênico e água sanitária.

A mesma exigência de qualidade é regra também nos 586 itens que compõem a linha Delícias da Coop. Entre os produtos mais conhecidos estão o panetone, pudim de leite, pães doces e salgados, pizzas, biscoitos e bolos. Um dos termômetros da qualidade dos produtos está na recente parceria estabelecida entre a Coop e a Nestlé no segmento de bolos congelados. A chancela para o uso da marca da multinacional nos bolos e pudins Delícias da Coop só foi garantida após rigoroso processo de auditoria na linha de produção.

Já os 208 itens Exclusividades Coop são fruto de parceria da Coop com a Rede Brasil de Supermercados (RBSM). São produtos importados, como azeitonas, massas, geleias, azeites e vinhos, encontrados somente nas lojas Coop a preços bem competitivos.

Previous Marcas Próprias trazem desconto e qualidade
Next E-Commerce: Saúde e Cosméticos Ultrapassa Moda e é o que mais vende no Brasil

You might also like

Comércio varejista

Loja online de móveis MadeiraMadeira vai lançar marca própria

A MadeiraMadeira – startup curitibana que conta com produtos de parceiros – usará os R$ 110 milhões investidos pelo SoftBank na nova empreitada A loja online de móveis MadeiraMadeira, que

Notícias

Como será o varejo em 2026?

Como você compra suas coisas atualmente? Você entra no seu carro e sai fazendo pedidos para um assiste virtual ou ainda “digita com os dedos” em seu smartphone para comprar

Alimentos

Mundo Verde Entra na Nissei – Store in Store de Saudáveis Vai para a Farmácia

Fonte: Portal Giro News Store in Store de Saudáveis Vai para a Farmácia. Presente no Paraná, a rede farmacêutica Nissei iniciou um modelo store in store com a Mundo Verde

Comércio atacadista

Assaí registra crescimento 25,6% em vendas no primeiro trimestre

Fonte: Jornal da Midia Depois de registrar em 2018 a sua melhor venda por m2 dos últimos cinco anos, o Assaí voltou a apresentar resultadospositivos no primeiro trimestre de 2019.