Bahia é mais um clube a apostar em marca própria no Brasil

Fonte: Maquina do Esporte

O Bahia apresentou na noite desta quinta-feira (27) a Esquadrão, marca de roupas própria do clube, que antecipou o término do vínculo com a Umbro para fazer o lançamento.

Assim, o Bahia se junta a Fortaleza, Santa Cruz, Coritiba e Paysandu, entre outros, que também decidiram adotar uma linha própria de confecções para aumentar o faturamento e melhorar a entrega da distribuição do produto ao torcedor.

A estratégia do Bahia é, com a nova linha de roupas, ter uma margem maior de lucros com as peças vendidas. O Paysandu, primeiro clube de torcida regionalizada a adotar essa estratégia, consegue atualmente um faturamento de quase R$ 6 milhões por temporada, número que é alcançado apenas pelos clubes de maior torcida do país anualmente.

Antes da cerimônia em que os novos uniformes foram apresentados, o presidente do clube, Guilherme Bellintani, disse que a aposta já se mostrou vitoriosa financeiramente.

“Acabamos de bater no final da tarde o mesmo valor de royalties que tínhamos arrecadado em 2017 inteiro. Ou seja, antes do lançamento já atingimos a mesma quantia de valor de royalties correspondente a todo o ano de 2017”, afirmou.

A expectativa é de que o clube consiga arrecadar cerca de R$ 4 milhões por ano com a linha própria, o que representaria cerca de quatro vezes mais do que acontece atualmente.

O evento de lançamento, na Arena Fonte Nova, teve como mote a inclusão. Os modelos foram um representante da comunidade indígena, mulheres, um amputado e um sócio com síndrome de Down. Os uniformes também foram desenhados por torcedores.

Previous Grande supermercado holandês adota blockchain para tornar transparente a produção de suco de laranja
Next Carrefour quer duplicar participação de orgânicos nas vendas até 2020

You might also like

Notícias

IPLC EDITA “THE PRIVATE LABEL REVOLUTION”

IPLC EDITA “THE PRIVATE LABEL REVOLUTION” Fonte: HiperSuper – Por Rita Gonçalves A IPLC (International Private Label Consult) lançou na passada quinta-feira em Paris, França, a obra “The Private Label

Farmacêuticos e higiene

Grupo Dimed vai abrir 40 farmácias em 2018

Fonte: Jornal do Comércio Mottin Neto diz que previsão é dobrar número de lojas em até 10 anos Dentro do processo de expansão, o Grupo Dimed pretende abrir 40 novas

ABMAPRO na mídia

ABMAPRO participa da 11ª Reunião do Fórum de Competitividade do Varejo, liderado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), em Brasília

Neide Montesano, presidente da associação, passa a integrar uma das cadeiras do Fórum que conta com a representação das maiores entidades de varejo do Brasil     No último 28/09,

Destaques

Como a Amazon está vencendo o jogo do varejo online. De novo

Novas estratégias criam oportunidade para empresa dobrar receitas com marcas própria para US$ 25 bilhões nos próximos quatro anos, segundo analistas Por Julie Creswell, The New York Times Tudo começou