Marca própria avança 11 vezes na Rede d1000 em cinco anos

Marca própria avança 11 vezes na Rede d1000 em cinco anos

De R$ 3,39 milhões para R$ 40,11 milhões em cinco anos. A evolução no faturamento em mais de 11 vezes ajuda a explicar a importância estratégica que a marca própria vem assumindo nos negócios da Rede d1000. Essa categoria, inclusive, ganhou status de departamento exclusivo na companhia e já responde por 8,7% da receita do autosserviço.

Atualmente, 248 SKUs de 51 categorias integram a divisão de marca própria, presente nas 206 lojas das quatro redes do grupo – Drogaria RosárioDrogarias TamoioDrogasmil e Farmalife. O segmento representa 5% do faturamento total, que chegou a R$ 1,1 bilhão no ano passado e encerrou o primeiro semestre com R$ 567,4 milhões. Os carros-chefes são as linhas de vitaminas, lenços umedecidos infantis, absorventes, nutricosméticos e fraldas para adultos. Mas engana-se quem acha que o sucesso veio de maneira repentina.

Foram necessários testes com mais de 400 produtos e oito anos de operações para a Rede d1000 encontrar o patamar que considera próximo do ideal. A companhia estreou na categoria em 2013, mas os resultados estiveram abaixo da média até 2016. “Avançamos pouco mais de R$ 3 milhões em faturamento nesse período, com as linhas tendo um ciclo de vida muito curto e indicadores pouco consistentes”, lembra o gerente de marcas exclusivas Thiago Almeida, que explanou sobre essa trajetória no evento Portas Abertas, promovido pela Abmapro no fim do mês de julho.

Metodologia com base em dados

O caminho para reverter as estatísticas passou pelo arrojo de abandonar a tática de tentativa e erro, mas fundamentada pela formação de um time 100% dedicado a mapear oportunidades com uso da ciência de dados. “No varejo, temos liberdade de ir e vir para qualquer categoria. Para isso, necessitamos interpretar as informações que consultorias como Close-Up InternationalIQVIA e Nielsen nos proporcionam, mas com o cuidado de fazer avaliações segmentadas por região e os dois olhos na performance das grandes redes”, explica.

 

Marca própria avança 11 vezes na d1000 em cinco anos

Casos de sucesso

O estágio de maturidade do produto chegou em 2021, com o pacote Leve 6, Pague 5. “Desde o início desse processo, entendemos que a venda de packs seria determinante, mas foi preciso analisar os dados a partir do que refletia o consumidor no ponto de venda. Aos poucos detectamos que essas embalagens eram mais fáceis de empilhar na gôndola e permitiam uma melhor visualização”, avalia.

A aposta nos packs teve início com os lenços umedecidos infantis, com o Leve 4, Pague 3. “Entendendo os hábitos e expectativas do cliente, identificamos que o fator preço deveria vir acompanhado pela qualidade. Com apoio da fabricante Lençobrás, passou-se a utilizar a matéria-prima dos lenços demaquilantes para a linha infantil, o que ampliou a percepção de excelência da marca”, acrescenta o executivo.

Os números falam por si. Uma das 15 maiores redes de farmácias e drogarias do país, segundo o ranking da Abrafarma, a companhia saltou da 21ª para a 13ª colocação no quesito faturamento por cliente. Da receita total do grupo, 37% provém do setor de higiene e beleza, acima da média de 32% do grande varejo farmacêutico nacional.

A marca própria tende a ganhar mais relevância para os negócios à medida que se intensificar a abertura de lojas de rua com formato popular. Das 30 unidades que a companhia planejou abrir neste ano, 15 já foram inauguradas, sendo que a maioria delas está enquadrada nesse perfil. A operação de atacado farmacêutico da Profarma, controladora da d1000, alicerça essa expansão. “Temos uma ótima metodologia para mapear oportunidades e desenvolver produtos, mas nosso grande diferencial é saber a forma mais eficiente e rentável de usar cada ferramenta de venda controlada pelo varejo para impulsionar nossas marcas”, conclui.

Rede d1000
Fundação: 2013
Redes: Drogaria Rosário, Drogarias Tamoio, Drogasmil e Farmalife
Faturamento: R$ 1,1 bilhão em 2020 e R$ 567,4 milhões no 1º semestre
Número de PDVs: 206 lojas no Distrito Federal, Mato Grosso, Rio de Janeiro e Tocantins

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Previous Prezunic reforça aposta em marca própria e amplia mix de produtos
Next Participação das Marcas Próprias Cresce na Operação da Pague Menos

You might also like

Informações

Confira tudo que você precisa saber para participar do 8º Congresso de Marcas Próprias ABMAPRO  

Notícias ABMAPRO

25.05 – Portas Abertas: LinkedIn como gerar valor para sua marca Pessoal

Participe do nosso encontro Portas Abertas do mês de maio! Café com a Presidente Networking Experiencia compartilhada Parcerias 25.05.18 as 9h na sede da Abmapro para mais informações ligue ou

Farmacêuticos e higiene

Grupo Dimed vai abrir 40 farmácias em 2018

Fonte: Jornal do Comércio Mottin Neto diz que previsão é dobrar número de lojas em até 10 anos Dentro do processo de expansão, o Grupo Dimed pretende abrir 40 novas

16.10 – Congresso de Marcas Próprias Abmapro 2018

Para mais informações entre em contato via WhatsApp