iPlace expande lojas e reforça o foco em marca própria

Fonte: Jornal do Comercio – Por Patricia Knebel

 

A iPlace, empresa do Grupo Herval, de Dois Irmãos, e o maior parceiro oficial da Apple no Brasil, quer chegar ao final do ano com 30 novas lojas inauguradas no Brasil. Faltam 20 para chegar a essa meta – duas delas serão no Rio Grande do Sul: em Canoas e Santa Maria. Ampliar a presença geográfica – atualmente são 112 lojas espalhadas por 22 estados – é uma das estratégias de crescimento. A outra é a aposta na comercialização de acessórios de marca própria. Quem vai às lojas do grupo já encontra, além dos tablets, computadores e smartphones da Apple, cabos, capas e limpador de tela da iPlace. No segundo semestre deste ano, novos itens deverão ser lançados. Uma das novidades para reforçar essa iniciativa é a associação dos produtos de marca própria com clubes de futebol. O primeiro deles é o Grêmio, cujos acessórios licenciados com a marca do clube chegarão às lojas nos próximos dias. “Essa ação faz parte de uma estratégia de fortalecimento da nossa marca e traz o conceito de conexão do torcedor com o seu clube e com a paixão pelos produtos da Apple”, comenta o diretor da iPlace, Matheus Mundstock. O executivo de marketing do Grêmio, Beto Carvalho, explica que o formato de negócio desenhando com a iPlace possibilita uma modelagem moderna e integrada no contexto dos patrocínios esportivos: “Unimos a força expositiva das plataformas midiáticas do clube com o licenciamento de produtos da empresa com a marca Grêmio, intensificando o valor percebido à patrocinadora e potencializando o retorno comercial direto resultante da venda dos produtos licenciados”, analisa Carvalho. O logotipo da iPlace já está estampado na manga da camisa Tricolor desde o jogo de 24 de julho, contra o São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro. “A nossa estimativa é usar o Grêmio como case para mostrar a outros clubes brasileiros está possibilidade de personalização de acessórios”, projeto Mundstock.

 

 

Previous Decathlon: Matt Leclercq deixa presidência da empresa
Next Como a Amazon está vencendo o jogo do varejo online. De novo

You might also like

Comércio varejista

Pelo menos 1/3 dos produtos vendidos na Europa são de Marca Própria

A quota de mercado em volume da marca da distribuição (MDD) atinge 30% ou mais em 17 países europeus, de acordo com os dados mais recentes da Nielsen, recolhidos para

Comércio varejista

Varejo farmacêutico tem faturamento de R$ 110,08 bilhões

O faturamento das vendas de medicamentos e de produtos em farmácias e drogarias cresceram no Brasil. Mesmo com a lenta recuperação da economia, o desempenho do setor foi positivo. Esta

Releases ABMAPRO

Programa Mercado & Consumo destaca o segmento de marcas próprias

Por Imprensa Mercado & Consumo Itens como açúcar, arroz, papel higiênico e produtos de limpeza de marcas próprias de redes de supermercado não são novidade. No entanto, este mercado ainda

Comércio atacadista

Assaí registra crescimento 25,6% em vendas no primeiro trimestre

Fonte: Jornal da Midia Depois de registrar em 2018 a sua melhor venda por m2 dos últimos cinco anos, o Assaí voltou a apresentar resultadospositivos no primeiro trimestre de 2019.