Auchan, Casino, Metro e Schiever criam central de compras interncaional

Fonte: HiperSuper – Por Filipe Pacheco

O Auchan Retail, o Casino Group, o Metro e o Schiever Group anunciaram a criação de uma central de compras, em França e a nível internacional, denominada Horizon.

As negociações para a criação de uma central de compras entre o grupo Auchan e o Casino Group já tinham sido anunciadas em abril. As quatro companhias adiantam agora que concluíram nos últimos três meses uma série de acordos que prevê vários tipos de operações.

Através da Horizon International Services, a Auchan Retail, o Casino Group e o Metro oferecerão serviços internacionais aos principais fornecedores de marcas, tendo por base as suas localizações geográficas complementares e a presença em países com elevado potencial.

A nível internacional, a nova central de compras prestará apoio ao desenvolvimento das pequenas e médias empresas.

O Auchan Retail e o Casino Group poderão também lançar concursos para produtos de marca própria pouco diferenciados.

Previous Mundo Verde investirá mais em marca própria
Next 20.07 – Portas Abertas: Workshop de Liderança

You might also like

Notícias

Padaria Pet inova com café e pipoca para cachorros

Fonte: Revista PEGN Você já pensou se o seu cachorro pudesse te acompanhar durante as refeições? É o que propõe a Padaria Pet, loja fundada pelos gêmeos Ricardo e Rodrigo

Destaques

Marca Própria bem trabalhada gera resultados em vendas

Conteúdo Abmapro – Por: Olegario Araújo   “Acredito em Deus, todos os outros devem apresentar dados e fatos” “Sem dados você é apenas outra pessoa com uma opinião” Edward Deming

Notícias

Renner lança coleção de produtos feitos de materiais reciclados

Seguindo a tendência sustentável que tem surgido em diversos segmentos, inclusive a moda, a Renner lançou uma nova linha, chamada Re – Moda Responsável. O primeiro produto da coleção é

Notícias

O selo Amazon

Fonte: Portugal Textil A Amazon já tem a lealdade de 100 milhões de membros do serviço de subscrição Prime – mas não basta. Agora, a plataforma de comércio electrónico quer