Amazon deve lançar marcas próprias para venda de produtos alimentícios

Varejista online já vendia alimentos de outras companhias, porém é a primeira vez que cria marcas exclusivas para vendê-las no próprio e-commerce

Fonte: IDG Now

16/05/2016

Ao que tudo indica, a gigante do varejo online Amazon também entrará no mercado alimentício com marcas próprias. A expectativa é que elas sejam lançadas oficialmente até o final do mês de maio, segundo informações do Wall Street Journal.

A varejista já vende produtos alimentícios de outras marcas há pelo menos dez anos. Mas é a primeira vez que a companhia venderá alimentos sob marcas das quais detém, ou seja, recebendo todo lucro. De acordo com a Tech Insider, sob os nomes de “Happy Belly”, “Wickedly Prime” e “Mama Bear”, a Amazon venderá desde nozes, chá a doces e comidas para bebês.

Não é a primeira vez que a Amazon cria marcas próprias para vender produtos dentro do próprio e-commerce. A varejista já criou marcas exclusivas para vender desde papel higiênico a baterias.

Vale ressaltar que ao entrar no mercado alimentício, a Amazon pode conquistar uma fatia considerável de um mercado global que, em 2015, foi de US$ 2,14 trilhões de dólares, segundo portal de estatísticas online Statista.

No início desse ano, a Amazon também passou a apostar no varejo de moda, criando sete marcas de roupas para vender no próprio site.

 

Previous II Encontro de Grandes Líderes: executivos do varejo e indústria ressaltam qualidade da programação
Next Cooperativas agropecuárias avançam cada vez mais em direção ao varejo

You might also like

Notícias

Pão de Açúcar, Carrefour e Riachuelo destacam o papel das marcas próprias

Nascidas como linha de menor qualidade e melhor preço, marcas próprias hoje ganham novo status e conseguem conciliar vantagens tanto para a indústria quanto para o varejo. Entenda Fonte Portal

Comércio varejista

Amazon agora vende até colchões com marca própria

Fonte: Tecnoblog – Por André Fogaça A Amazon vende de tudo em seu site internacional, indo de produtos eletrônicos, passando por itens de mercado e até mesmo para remédios. A novidade

Notícias

“Uma loja por semana”: o plano da agressiva e popular Miniso para o Brasil

Fonte: Exame – Por Mariana Fonseca A rede de fast fashion com design japonês (mas de origem chinesa) irá expandir bastante pelo país, com a ajuda do franqueamento São Paulo

Notícias

Conteúdo útil para nossos associados

Palestrante Roberto Butragueno, durante Congresso ABMAPRO 2018…