A pandemia trouxe mudanças importantes nos hábitos dos consumidores

A pandemia trouxe mudanças importantes nos hábitos dos consumidores

A pandemia trouxe mudanças importantes nos hábitos dos consumidores, não só no Brasil. Um exemplo que vem bem de perto: a Argentina liderou, em 2020, o crescimento das marcas próprias de supermercados na América Latina, com expansão de 43,5% no faturamento sobre 2019. Segundo a NielsenIQ, as marcas próprias foram uma tábua de salvação para os hermanos durante a crise, pois ajudaram a manter o poder de compra em um momento de grande instabilidade. Isso também aconteceu no Brasil: dados da Kantar mostram que as marcas próprias aumentaram sua penetração de 29% para 33% em junho de 2020, conquistando 2,2 milhões de novos consumidores em 12 meses. As marcas próprias são um recurso importante para inclusão da população, especialmente de baixa renda, no mercado de consumo. Os supermercados têm aqui um papel social muito importante, contribuindo para melhorar a qualidade de vida e a saúde dos consumidores.

Fonte: LinkedIn: João Galassi – Empresário Setorial

Previous MULHERES A FRENTE NO SEU NEGÓCIO!
Next MARCA PRÓPRIA ESTÁ CRESCENDO NO VAREJO

You might also like

Destaques

DMCard adota QR Code na implantação de seu cartão private label digital

Por Redação E-Commerce News No início da década, o QR Code (Quick Response Code) começou a ser considerado uma tecnologia obsoleta devido à baixíssima adesão. No entanto, para viabilizar os

Notícias

ABMAPRO leva executivos para PLMA 2018 de Chicago

ABMAPRO leva executivos para evento de marcas próprias nos EUA O mercado de marcas próprias segue em amplo crescimento no mundo. Os Estados Unidos são um retrato fiel desse fenômeno.

Notícias

IPLC EDITA “THE PRIVATE LABEL REVOLUTION”

IPLC EDITA “THE PRIVATE LABEL REVOLUTION” Fonte: HiperSuper – Por Rita Gonçalves A IPLC (International Private Label Consult) lançou na passada quinta-feira em Paris, França, a obra “The Private Label

Notícias

E-Commerce: Saúde e Cosméticos Ultrapassa Moda e é o que mais vende no Brasil

Fonte: Exame – Por Dino A 38ª edição do Webshoppers, o maior estudo sobre E-commerce do Brasil, mostrou que o mercado digital nacional teve algumas alterações importantes. A principal delas