27.03 – Portas Abertas: Pós NRF – Um olhar sobre as mudanças do varejo com as lentes da Marca Própria

Aconteceu no dia 27 de Março de 2019 um Portas Abertas muito especial que contou com a incrivel palestra do especialista em embalagéns e Marcas Próprias, Aparecido Borghi.

Na ocasião os participantes puderam conhecer as principais pendencias de Marcas Próprias apresentadas na NRF.

A NRF Retail’s Big Show é o mais importante evento do varejo do mundo, composto de exposição de produtos e tecnologias de última geração, seminários, fóruns de debates e apresentação de cases de empresas mundialmente conhecidas:

Ø Maior evento anual de varejo e tecnologia do mundo Ø 108a edição
Ø + de 86 países visitantes
Ø + de 34 mil visitantes

Ø + de 600 expositores na feira de tecnologia
Ø + de 300 palestras em 3 dias de evento
Ø Brasil é a 2o maior delegação, 1o colocado EUA.

Se você perdeu esse Portas Abertas mas quer saber tudo o que rolou entre em contato coma Abmapro para receber o material exclusivo usado na apresentação!

 

Previous IPLC EDITA “THE PRIVATE LABEL REVOLUTION”
Next GPA une operações virtual e física de olho em maior rentabilidade do Extra

You might also like

Destaques

iPlace expande lojas e reforça o foco em marca própria

Fonte: Jornal do Comercio – Por Patricia Knebel   A iPlace, empresa do Grupo Herval, de Dois Irmãos, e o maior parceiro oficial da Apple no Brasil, quer chegar ao final

Têxtil e couro

Renner lança coleção de produtos feitos de materiais reciclados

Seguindo a tendência sustentável que tem surgido em diversos segmentos, inclusive a moda, a Renner lançou uma nova linha, chamada Re – Moda Responsável. O primeiro produto da coleção é

Notícias

Amazon registra Marca Própria de alimentação em Portugal

Por Hipersuper O mercado português é um dos “alvos” da Amazon para 2018. Prova disso é que a gigante norte-americana do retalho online pediu, no final do mês passado, o

Notícias

Carrefour Brasil registra lucro de R$ 389 milhões e quer intensificar marcas próprias

O Carrefour Brasil registrou um lucro líquido consolidado atribuído aos acionistas controladores de R$ 389 milhões no segundo trimestre, um resultado 39,4% superior ao apurado no mesmo período do ano