Albert Heijn testa área dedicada a comida vegan

Fonte: Distribuição Hoje – Por Ana Rita Costa

 

A cadeia de supermercados holandesa Albert Heijn está a testar uma área exclusivamente dedicada a comida vegan numa das suas lojas em Amesterdão.

Em comunicado, a Albert Heijn revela que o objetivo é testar o conceito durante um mês e recolher o feedback dos clientes. Se se revelar bem-sucedido, o conceito poderá ser implementado noutras lojas da rede por todo o país.

Para além de frescos, esta nova área conta com refeições prontas a comer como wraps, saladas e sopas.

A aposta em alimentos vegan e vegetarianos é uma tendência em toda a Europa, com retalhistas como a Tesco e a Sainsbury’s, por exemplo, a lançarem gamas de marca própria de alimentos de base vegetal.

Albert Heijn quer reforçar oferta de vinhos

Já esta semana, a Albert Heijn anunciou que pretende reforçar a sua oferta de vinhos, remodelando as áreas dos seus supermercados dedicadas a esta oferta para que seja mais fácil para os consumidores escolherem o vinho ideal.

Para além de estar a preparar o lançamento de várias referências de vinhos, nomeadamente no formato de ‘box’, o retalhista pretende passar a vender opções com um grau alcoólico mais baixo ou sem álcool, nomeadamente “vinhos com poucas calorias”.

Previous Mundo Verde - Rede de 400 lojas de alimentos saudáveis aposta na marca própria e RS lidera vendas
Next Maior rede de farmácias do sul, Panvel acelera expansão em SP

You might also like

Notícias

Vendas de cosméticos no canal farma crescem 7% em 2017 e consolidam tendência do setor

Fonte: Brazil Beauty News – Por Daniela Belli Segundo a Abrafarma, itens de higiene pessoal e cosméticos contabilizaram R$ 14,17 bilhões em 2017 e já representam 32% do volume total

Destaques

Telhanorte inaugura novo segmento de loja em São Paulo: Telhanorte Já

De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat), o faturamento das indústrias de materiais de construção cresceu 4% em setembro, na comparação anual, e

Notícias

Marcas Própria: Preço ou Qualidade?

Por Hipersuper a 29 de Março de 2018 as 10:45 Por Robertus Lombert, Partner da IPLC para Portugal Marcas próprias: Preço ou qualidade? É, talvez, uma das perguntas mais comuns

Comércio varejista

“Marca própria” no Brasil, deve crescer 15% até o fim de 2014

Fonte: DCI O avanço da inflação no País tem levado os consumidores a optarem por itens mais baratos, favorecendo a expansão da produção terceirizada. Com isso, as indústrias que fabricam produtos