Grande supermercado holandês adota blockchain para tornar transparente a produção de suco de laranja

A Albert Heijn, a maior cadeia de supermercados da Holanda, revelou que está usando o blockchain para tornar a cadeia de produção de seu suco de laranja transparente, informou a International Supermarket News em 21 de setembro.

A Albert Heijn lançará o novo sistema blockchain em parceria com seu fornecedor, a Refresco. Para fornecer aos clientes o máximo de informações sobre a origem do produto “sustentável” de marca própria da Albert Heijn, eles poderão escanear um código QR na embalagem de suco de laranja que rastreará a rota de ponta a ponta de sua produção, no Brasil até os Países Baixos.

Previous Maior rede de farmácias do sul, Panvel acelera expansão em SP
Next Bahia é mais um clube a apostar em marca própria no Brasil

You might also like

Notícias Internacionais

Intermarché uniformizou em Portugal marca própria. Aumentar para 30% peso da marca própria nas vendas da cadeia é um dos objetivos.

Fonte: Dinheiro Vivo – Por Ana Marcela   O Intermarché investiu 6 milhões na criação de uma marca única para os produtos de marca própria da cadeia em Portugal. Com

Notícias ABMAPRO

Marcas próprias ganham espaço nos supermercados com preços até 25% mais baixos

O crescimento dos produtos de marca própria reflete o “empoderamento do consumidor”. O segmento que surgiu como um instrumento de fidelização é agora também visto como uma ferramenta que permite

Destaques

Marcas próprias ameaçam gigantes da indústria

Segundo a Goldman Sachs, reproduzida pelo Brazil Journal, a situação das gigantes de alimentos processados está ruim – e vai piorar. Isso porque, além da mudança de costume do consumidor

Farmacêuticos e higiene

Vendas de cosméticos no canal farma crescem 7% em 2017 e consolidam tendência do setor

Fonte: Brazil Beauty News – Por Daniela Belli Segundo a Abrafarma, itens de higiene pessoal e cosméticos contabilizaram R$ 14,17 bilhões em 2017 e já representam 32% do volume total