Coco Bambu quer vender 20 mil cervejas mês

Afrânio Barreira, o sócio-majoritário da rede de restaurantes Coco Bambu, diz que a cerveja de marca própria desenvolvida com a Wäls (Ambev) já está em todas as 31 lojas  – “de Manaus a Porto Alegre”. Segundo ele, a previsão é vender 20 mil garrafas por mês. Custa R$ 17,00.

Não é a primeira experiência de Coco Bambu com bebidas de marca própria. Desde 2016, já vende nos restaurantes um vinho trazido de Portugal. Também serve espumantes produzidos pela gaúcha Casa Valduga.

A propósito do plano de abrir uma loja em San Diego, na Califórnia (EUA), Afrânio disse ao Blog estar em fase de conclusão de contratos. No dia 15 deste mês (sábado), o Blog informou o fechamento da unidade de Miami, aberta há cerca de um ano, mas da permanência do plano de abrir na outra cidade norte-americana.

Previous Com 10 dias de ofertas, Carrefour adere à moda dos produtos a R$ 1
Next Carrefour reduz marcas de fabricante em quatro lojas francesas

You might also like

Destaques

Carrefour é premiado por monitorar o uso correto de defensivos agrícolas em alimentos que comercializa

Fonte: DinheiroRural   Pelo terceiro ano consecutivo, o Carrefour, rede varejista que fatura cerca de R$ 50 bilhões por ano no Brasil, recebeu da Associação Brasileira de Supermercados o Prêmio

Notícias

Lidl e Intermarché lideram prêmios Top Beleza

Fonte: Hipersuper O prémio Top Beleza distinguiu 23 produtos de marcas de distribuição e de fabricante das áreas de beleza, cosmética e bem-estar.A retalhista Lidl arrecadou 15 prémios, com a

Eventos

ABMAPRO participa da 11ª Reunião do Fórum de Competitividade do Varejo, liderado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), em Brasília

Neide Montesano, presidente da associação, passa a integrar uma das cadeiras do Fórum que conta com a representação das maiores entidades de varejo do Brasil     No último 28/09,

Eventos

Delegação brasileira visita líderes de marcas próprias nos EUA

A delegação brasileira coordenada pela Abmapro (Associação Brasileira de Marcas Próprias e Terceirização) e formada por diversos executivos de grandes redes realizou uma série de atividades durante sua passagem pelos