Carrefour é premiado por monitorar o uso correto de defensivos agrícolas em alimentos que comercializa

Fonte: DinheiroRural

 

Pelo terceiro ano consecutivo, o Carrefour, rede varejista que fatura cerca de R$ 50 bilhões por ano no Brasil, recebeu da Associação Brasileira de Supermercados o Prêmio Rama na categoria Varejo. O fato ocorreu durante a apresentação do balanço anual do Programa de Rastreabilidade e Monitoramento de Alimentos (Rama). Signatário desde outubro de 2014, o Carrefour recebeu o reconhecimento pelo amplo monitoramento de fornecedores e pela transparência adotada na comunicação da iniciativa aos seus clientes.

Em 2017, o Carrefour rastreou totalmente os itens da sua marca própria, que inclui também os produtos que recebem o selo de qualidade Garantia de Origem. Em relação aos demais produtos comercializados pela rede, que não inclui a marca Carrefour, a adesão dos fornecedores chegou a 82%. Porém, ao considerar todo o quadro de fornecedores da rede, 95% aderiram ao programa.

Desenvolvido pela Abras em 2011, em parceria com a empresa Paripassu, o programa Rama promove o rastreamento e monitoramento de defensivos agrícolas em frutas, legumes e verduras, garantindo que a aplicação dos mesmos não esteja acima do nível permitido por lei. Com 46 redes varejistas participantes e 984 fornecedores, o programa possui dois pilares de atuação: rastreabilidade de todos os fornecedores cadastrados pelas empresas participantes e o monitoramento do nível de agrotóxico nos produtos.

No ano passado, de acordo com a Abras, foram analisadas 944 amostras de 95 produtos e o índice geral de conformidade do programa atingiu 69%. Os resultados são obtidos por meio de análises técnicas da quantidade de resíduos em amostras coletadas e os dados são disponibilizados por meio de um portal para que produtores/fornecedores e supermercadistas monitorem os produtos continuamente. Além disso, o consumidor pode rastrear os alimentos por meio do QR Code presente nas embalagens ou mesmo do portal do Rama.

Desde que passou a integrar o programa, a área de Segurança Alimentar do Carrefour coletou amostras de diversos fornecedores pelo país. Atualmente, todos aqueles que integram a marca própria da rede ou que recebem o selo Garantia de Origem já seguem as diretrizes do Rama. A adesão ao programa e demais práticas da companhia estão alinhadas ao plano Carrefour 2022, divulgado em janeiro deste ano pelo Grupo Carrefour, que tem como uma de suas principais ambições para os próximos cinco anos ampliar a oferta de alimentos de qualidade, confiáveis, acessíveis e a um preço justo.

“Cada vez mais as pessoas desejam consumir de forma mais saudável e mais sustentável, tanto para o bem de sua saúde, como para a preservação do planeta. Para atender essa crescente demanda por informações e padrões de qualidade impecáveis sobre os produtos, o Grupo Carrefour vai liderar esse movimento global, permitindo que os nossos clientes consumam melhor todos os dias”, destaca Paulo Pianez, diretor de Sustentabilidade do Carrefour Brasil. “Diante desse objetivo, a adesão ao Rama possibilitou, há alguns anos, fortalecer ainda mais os processos de controle e rastreabilidade no Carrefour, a partir do estímulo e  capacitação dos nossos fornecedores sobre as melhores práticas de produção”, destaca o executivo.

Além do Rama, o Carrefour conta com outras ações de controle de qualidade dos alimentos que comercializa. O programa Garantia de Origem, implantado no Brasil há 16 anos, atesta o compromisso da companhia em acompanhar e oferecer a possibilidade do cliente saber a trajetória do alimento desde a sua produção. Além disso, todos os itens da marca Carrefour passam por rígidos padrões de segurança alimentar, testes laboratoriais e auditoria social, o que garante a alta qualidade e procedência dos produtos.

Previous Vendas de cosméticos no canal farma crescem 7% em 2017 e consolidam tendência do setor
Next Walmart Brasil instala caixas de autoatendimento em unidade de Alphaville

You might also like

Notícias

Espírito Empreendedor: como Sidney Oliveira transformou uma pequena farmácia em uma grande rede

Fonte: InfoMoney Sidney Oliveira transformou sua pequena farmácia em uma empresa que já conta com 1,5 mil colaboradores. Não há planos de lanças nova bandeira nem de adquirir outras empresas.

Comércio varejista

Produtos de marca própria estão presentes em 65% dos lares brasileiros

Segundo estudo realizado em 2017 que mapeou o consumo de produtos por consumidores brasileiros os produtos de marca própria estão presentes na maioria dos lares brasileiros. Segundo o levantamento, no último

Notícias ABMAPRO

LANÇAMENTO Marca Própria & Mercado

Nas decisões sobre a relevância das Marcas Próprias e Terceirizações no Pais reside boa parte do futuro de negócios das industrias e varejos brasileiros. Neste processo, acreditamos possível e fundamental

Comércio varejista

Inovação é a arma do varejo para conquistar consumidores

Por Abril Branded Content access_time 1 mar 2018, 18h20 Diante de um mercado em transformação, grandes redes varejistas investem em soluções tecnológicas para facilitar a vida dos clientes O comércio