Carrefour Brasil registra lucro de R$ 389 milhões e quer intensificar marcas próprias

O Carrefour Brasil registrou um lucro líquido consolidado atribuído aos acionistas controladores de R$ 389 milhões no segundo trimestre, um resultado 39,4% superior ao apurado no mesmo período do ano passado.

Vendas/mesmas lojas O Carrefour Brasil registrou um crescimento de 3,4% das vendas no conceito mesmas lojas, desconsiderando as operações com combustíveis, no segundo trimestre em comparação ao mesmo intervalo do ano passado. Incluindo a venda de gasolina, as vendas avançaram no período 3,6%.

Em comunicado assinado pelo presidente da companhia no Brasil, Noël Prioux, a empresa destaca que resultado das vendas, do EBITDA ajustado e do lucro líquido foram impulsionados principalmente pelo Atacadão e pelo Carrefour Soluções Financeiras.

“Este foi um desempenho particularmente satisfatório considerando o difícil cenário no qual operamos”, afirmou Prioux. Segundo ele, a varejista segue no rumo de meta de inauguração de 20 lojas Atacadão este ano, “avançando ainda mais em nossa estratégia digital e omnicanal, e intensificando nosso foco em produtos orgânicos e de marca própria, que deverão impulsionar nosso crescimento futuro e incrementar ainda mais a rentabilidade”.

Previous Grupo GPA acelera expansão do Assaí e quer mais força em marcas próprias
Next Parceria entre Carrefour e Tesco vai pressionar fornecedores

You might also like

Comércio varejista

Lidl com mais de 100 artigos certificados para os clientes descobrirem na Páscoa

São 124 os produtos Lidl dedicados à Páscoa, entre sugestões para refeições e sobremesas. As gamas de edição limitada Deluxe e Favorina regressam e apostam na certificação UTZ e Fairtrade

ABMAPRO na mídia

Marca Própria bem trabalhada gera resultados em vendas

Conteúdo Abmapro – Por: Olegario Araújo   “Acredito em Deus, todos os outros devem apresentar dados e fatos” “Sem dados você é apenas outra pessoa com uma opinião” Edward Deming

Notícias

Como a Amazon está vencendo o jogo do varejo online. De novo

Novas estratégias criam oportunidade para empresa dobrar receitas com marcas própria para US$ 25 bilhões nos próximos quatro anos, segundo analistas Por Julie Creswell, The New York Times Tudo começou

Destaques

Pão de Açúcar, Carrefour e Riachuelo destacam o papel das marcas próprias

Nascidas como linha de menor qualidade e melhor preço, marcas próprias hoje ganham novo status e conseguem conciliar vantagens tanto para a indústria quanto para o varejo. Entenda Fonte Portal