Amazon deve lançar marcas próprias para venda de produtos alimentícios

Varejista online já vendia alimentos de outras companhias, porém é a primeira vez que cria marcas exclusivas para vendê-las no próprio e-commerce

Fonte: IDG Now

16/05/2016

Ao que tudo indica, a gigante do varejo online Amazon também entrará no mercado alimentício com marcas próprias. A expectativa é que elas sejam lançadas oficialmente até o final do mês de maio, segundo informações do Wall Street Journal.

A varejista já vende produtos alimentícios de outras marcas há pelo menos dez anos. Mas é a primeira vez que a companhia venderá alimentos sob marcas das quais detém, ou seja, recebendo todo lucro. De acordo com a Tech Insider, sob os nomes de “Happy Belly”, “Wickedly Prime” e “Mama Bear”, a Amazon venderá desde nozes, chá a doces e comidas para bebês.

Não é a primeira vez que a Amazon cria marcas próprias para vender produtos dentro do próprio e-commerce. A varejista já criou marcas exclusivas para vender desde papel higiênico a baterias.

Vale ressaltar que ao entrar no mercado alimentício, a Amazon pode conquistar uma fatia considerável de um mercado global que, em 2015, foi de US$ 2,14 trilhões de dólares, segundo portal de estatísticas online Statista.

No início desse ano, a Amazon também passou a apostar no varejo de moda, criando sete marcas de roupas para vender no próprio site.

 

Previous II Encontro de Grandes Líderes: executivos do varejo e indústria ressaltam qualidade da programação
Next Cooperativas agropecuárias avançam cada vez mais em direção ao varejo

You might also like

Notícias

410 Produtos de Marca Própria do Intermarché recebem selo “Portugal Sou Eu”

Fonte: SuperHiper. PT – Por  Rita Gonçalves   Um total de 410 produtos de 11 das marcas próprias do Intermarché, insígnia alimentar do Grupo Os Mosqueteiros, receberem o selo “Portugal

Notícias

Lucro da Lojas Renner (LREN3) subiu 66,39% no 1º trimestre de 2018

Fonte: ADVFN A companhia Lojas Renner anunciou um lucro líquido de R$ 111.44 milhões no 1º trimestre de 2018, valor 66,39% superior ao lucro líquido apurado no mesmo período do

Notícias

ABMAPRO participa da 11ª Reunião do Fórum de Competitividade do Varejo, liderado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), em Brasília

Neide Montesano, presidente da associação, passa a integrar uma das cadeiras do Fórum que conta com a representação das maiores entidades de varejo do Brasil     No último 28/09,

Destaques

Vendas de cosméticos no canal farma crescem 7% em 2017 e consolidam tendência do setor

Fonte: Brazil Beauty News – Por Daniela Belli Segundo a Abrafarma, itens de higiene pessoal e cosméticos contabilizaram R$ 14,17 bilhões em 2017 e já representam 32% do volume total