ABMAPRO promove missão que levará executivos para a PLMA em Chicago

ABMAPRO promove missão que levará executivos para a PLMA em Chicago

A ABMAPRO realiza entre os dias 11 e 19 de novembro de 2016 a Missão Feira PLMA, que levará executivos brasileiros para a cidade de Chicago, nos Estados Unidos, para participarem de uma intensa vivência com o objetivo de agregar conhecimentos sobre o setor de marcas próprias. A programação conta com a participação na Feira PLMA World of Private Label, entre os dias 13 e 15,  e visitas técnicas monitoradas aos maiores varejistas do país norte-americano, como Wal Mart, Target, Traders Joe, Whole Foods, Jewel-Osco, Walgreens, CVS, Nordstrom, dentre outros.

Os interessados em vivenciar esta experiência devem entrar em contato pelo e-mail abmapro@abmapro.org.br ou pelo telefone (11) 3895 9868/9879. As vagas são limitadas.

plma_completo

 

 

 

Salvar

Salvar

Previous ABAD realiza encontro da cadeia de abastecimento entre os dias 8 e 10 de agosto em São Paulo-SP
Next Cosméticos de marcas próprias estão em alta

You might also like

Notícias ABMAPRO

Delegação brasileira visita líderes de marcas próprias nos EUA

A delegação brasileira coordenada pela Abmapro (Associação Brasileira de Marcas Próprias e Terceirização) e formada por diversos executivos de grandes redes realizou uma série de atividades durante sua passagem pelos

Notícias

Ofertas nos supermercados têm preços muito abaixo da inflação

Produtos de limpeza vendidos em promoção esta semana custam até 20% mais barato que um ano

Notícias ABMAPRO

Marcas próprias alcançam mais de 32 milhões de lares no Brasil

As marcas próprias seguem se consolidando na economia nacional. Em pesquisa apresentada pela Kantar Worldpanel, o número de lares brasileiros que consumiu algum produto desse segmento atingiu a expressiva marca de

Notícias

ABMAPRO apoia proposta de adoção de limite de gastos do governo

Em comum acordo com a FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), a ABMAPRO (Associação Brasileiras de Marcas Próprias e Terceirização) está apoiando à proposta de emenda constitucional