ABMAPRO marca presença em evento da Fiesp, com participação do governo federal brasileiro

ABMAPRO marca presença em evento da Fiesp, com participação do governo federal brasileiro

A presidente da ABMAPRO, Neide Montesano, participou no último dia 8 de junho, em Brasília-DF, do evento promovido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, com o objetivo de apresentar aos empresários convidados cinco pontos que devem ser resolvidos no curto prazo para permitir a retomada da confiança e a recuperação do crescimento do país. O encontro contou com o presidente interino Michel Temer, membros da equipe econômica do governo e do presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf.

Os pontos são: não aumento de impostos, redução dos juros, destravamento do crédito, desengessamento dos investimentos em infraestrutura e estímulo à exportação.

Skaf lembrou que há muitos outros pontos importantes a atacar no Brasil, mas essas cinco medidas são emergenciais, para a recuperação da confiança, necessária para destravar o investimento. “Com investimento, com o consumo, a roda da economia anda”, afirmou Skaf.

De acordo com Skaf, é preciso separar a crise política da econômica. “A crise política fica com o meio político”, afirmou Skaf. “Os atores da economia, os trabalhadores brasileiros, as empresas brasileiras, 200 milhões de habitantes do Brasil, não têm nada a ver com a crise política”, disse. “É necessário ter trilhos separados, com a crise política seguindo seu caminho até que se resolva. E a economia precisa ter trilhos desimpedidos, sem obstáculos, para que se retome a geração de riquezas no Brasil.”

Para a presidente da ABMAPRO, é de suma importância que o Brasil retome o caminho do crescimento o quanto antes, para minimizar os impactos causados pelo governo brasileiro anterior. “Estamos em um momento delicado, porém, o Brasil possui condições de superar esse mau momento e reescrever sua história”, afirma Neide.

 

 

abmapro_eventocrescimentobrasil                                                                    Foto: ABMAPRO

 

Salvar

Previous Marca própria significa economia no bolso
Next II Encontro de Grandes Líderes: executivos do varejo e indústria ressaltam qualidade da programação

You might also like

Comércio varejista

GPA anuncia novidades para democratizar Qualitá

Fonte: No Varejo – Por Gabriella Sandoval Dez anos depois do lançamento de Qualitá, o Grupo GPA tem uma meta ousada: fazer com que os produtos de marca própria caiam no gosto dos consumidores brasileiros – e

Notícias

Pesquisa da Proteste revela que juros de cartões de loja podem chegar a 875%

Fonte: Extra – Economia Cada vez mais populares entre os consumidores, os cartões de lojas não são tão vantajosos como aparentam, segundo uma pesquisa feita pela associação Proteste. Entre 37

Comércio varejista

410 Produtos de Marca Própria do Intermarché recebem selo “Portugal Sou Eu”

Fonte: SuperHiper. PT – Por  Rita Gonçalves   Um total de 410 produtos de 11 das marcas próprias do Intermarché, insígnia alimentar do Grupo Os Mosqueteiros, receberem o selo “Portugal

Notícias

Barras, tabletes e bombons vão dar o tom da Páscoa nos supermercados

Fonte: DCI PAULA CRISTINA SÃO PAULO •02.03.18 5:06 AM Para caber no bolso dos consumidores, principais redes do Brasil elevaram em até 25% os pedidos de produtos mais baratos à